sábado, 16 de abril de 2016

A maçã

David Sánchez Juliao

Uma maçã, que havia sido expulsa de casa por estar podre, começou a zanzar pelo mundo e percebeu com o passar do tempo que não estava tão descomposta como diziam os outros, mas sim madura e que isso de ser vermelha, terna e doce era o estado natural das maçãs; e que a partir dele ela podia realizar-se na função de satisfazer e alimentar a Humanidade. "Claro -- pensou uma noite, com maturidade --, até a minha própria espécie caiu nas garras do aforismo e nas armadilhas do sofisma".

Tradução: Camilla Felicori

Imagem: Apple and Pear Australia Ltd

Este texto faz parte do Almacosario, composto por 4 séries de fábulas que aludem não a animais, mas a objetos da atualidade, do escritor colombiano David Sánchez Juliao.
Veja mais na versão em espanhol do Almacosario.